Onde é possível fazer carteira de trabalho em SP?

A Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) é um documento indispensável para contar o histórico do trabalhador e das suas contribuições previdenciárias, sendo requisitada em circunstâncias variadas, como no agendamento seguro desemprego e na aposentadoria.

Dois órgãos do Estado de São Paulo podem fazer esse documento para o cidadão: o Poupatempo e o Sistema Nacional de Empregos (SINE).

O documento é feito em poucos minutos, mas os dois lugares só o emitem com agendamento.

Carteira de trabalho no SINE

agendamento seguro desemprego

O SINE é controlado pelo Ministério do Trabalho e Emprego e tem unidades em cada Estado. Assim, o primeiro passo é o cidadão saber onde está o SINE mais próximo e ele pode descobrir no site do governo estadual ou ligando para a Prefeitura.

Depois, o paulista deve ligar para o SINE e pedir um agendamento para a carteira de trabalho; se não for atendido pelo telefone, o trabalhador terá de marcar a emissão pessoalmente, levando documentos pessoais e uma foto 3×4 digitalizada.

Carteira de Trabalho no Poupatempo

O trabalhador acessará www.poupatempo.sp.gov.br e clicará em “agendamentos”. O Poupatempo apresentará todos os dias e horários disponíveis, além de unidades, e também os documentos que se deve levar. Se o cidadão não puder agendar no site do Poupatempo, poderá agendar pessoalmente.

Cuidados na emissão da Carteira de trabalho

A pessoa que fez o agendamento no SINE ou no Poupatempo e não poderá estar presente deve cancelá-lo pelo site ou pelo telefone.

É importante que haja antecedência para que outros cidadãos possam usar aquele horário. Para quem faz o agendamento no site do Poupatempo, deve-se tirar print das informações ou uma foto, para a eventualidade de haver confusões de horários.

A foto digitalizada que o trabalhador levará será 3×4 e é preciso não estar com chapéus e outros adereços dessa natureza.

É preciso que a sua roupa seja de cor escura para que fique bem distinta do fundo.

Ainda que o cidadão não perca a sua CTPS ou a tenha furtada ou roubada, é possível que ele precise de outra porque todas as folhas estão cheias: isso é chamado de continuação da carteira de trabalho e também é feita no SINE e no Poupatempo.

Emite-se a carteira de trabalho de graça e, se for a continuação, a carteira já completa precisará ser levada. Se for segunda vida e se havia registros já feitos, deve-se levar o número do PIS/PASEP.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *