O que o cidadão precisa fazer quanto tem o RG roubado?

poupatempo agendamento rgEm casos de roubo, muitas pessoas se preocupam com os pertences, mas os documentos também podem causar bastante dor de cabeça se forem levados, principalmente o RG.

É bom sempre lembrar que a carteira de identidade é que “sinaliza” cada cidadão do país e, se usado por terceiros, as consequências podem ser até mesmo criminais.

Fazer Boletim de Ocorrência

Quando o RG é roubado, a primeira coisa que o cidadão tem de fazer é cancelá-lo e isso é feito com um boletim de ocorrência.

A pessoa deve ir à delegacia mais próxima e registrar o B.O, podendo usar a delegacia eletrônica também: no buscador da Internet, basta escrever “Delegacia Eletrônica em São Paulo”.

O site da Polícia Civil SP vai fazer perguntas como: apenas o documento foi roubado ou outros objetos também?

Depois que todas as perguntas forem respondidas, serão solicitadas as informações pessoais e as circunstâncias do roubo.

Quem registra o B.O na delegacia física deve guarda-lo e, preferencialmente, tirar uma cópia.

Para quem emite o B.O pela delegacia eletrônica, é indispensável imprimi-lo e também tirar uma xerox.

Destaca-se que esse procedimento também serve para quando o RG é perdido ou furtado.

Emitir uma nova via do RG no Poupatempo

Depois de registrar a ocorrência, a pessoa terá de emitir uma nova carteira de identidade no Poupatempo e, para isso, será preciso fazer o poupatempo agendamento rg.

Para saber a unidade mais próxima da sua residência, o cidadão pode consultar os endereços no site do órgão. São mais de 70 postos disponíveis em todo o estado.

É preciso fazer outro documento se o RG roubado for encontrado?

É sempre possível que a pessoa recupere o seu RG e, nesses casos, elas têm dúvida se a segunda via é necessária ou não.

Tudo dependerá de o boletim de ocorrência ter sido feito ou não: se ele não foi registrado, o documento não foi cancelado e pode continuar em uso. Se o B.O foi feito, é obrigatória a segunda via.

Em todo caso, é sempre preferível fazer o boletim de ocorrência imediatamente após o documento ser roubado para evitar as consequências explicadas abaixo.

O que acontece se o RG roubado não for cancelado?

De posse do documento de identidade roubado, o criminoso pode criar outros documentos falsos para si, até mesmo passaportes.

As fraudes financeiras também são comuns: dá para o criminoso pedir crédito (e alto), usando o RG roubado.

Se o criminoso faz isso e a vítima não fez um boletim de ocorrência, terá dificuldade para comprovar que não tem envolvimento com a fraude.

Sendo assim, fica nítido que a pessoa que teve seu RG roubado, mas não registrou B.O, pode até ser vista como cúmplice.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *