3 dicas para aumentar o tráfego do seu site

Você quer trabalhar duro, ou quer trabalhar espertamente? Claro que você quer trabalhar espertamente. E sabe de algo? Com seu SEO on-page, existem apenas algumas táticas que vão trazer a maior parte dos seus resultados. Isso mesmo. Sim, você pode fazer várias coisas, e sim, tudo vai ajudar com seus rankings no Google, mas algumas delas vão realmente alavancar seus rankings.

Hoje vou compartilhar com vocês três hacks de SEO on-page que vão alavancar seus rankings. Para vocês que não sabem o que é SEO on-page, são as mudanças que você faz no seu site, no seu código para conseguir rankings mais altos no Google.

O Google é um computador. Quando ele está rastreando o seu site, ele precisa ler código, zeros e uns. Você já viu Matrix, é parecido com aquilo. Eles estão rastreando para descobrir do que se trata o seu site, e sim, você pode fazer várias mudanças, e todas elas vão ajudar seus rankings.

Mas hoje eu vou compartilhar com você três que vão ajudar a impulsionar seu SEO on-page e os seus rankings. Então a primeira é o Google Search Console. Você já me ouviu falar sobre isso anteriormente, é uma ferramenta grátis que o Google te dá.

O motivo pelo qual eu continuo falando sobre essa ferramenta grátis é porque poucos de vocês estão usando. Por que você não usaria uma ferramenta que o Google te dá, e que te fala como você pode aumentar seus rankings?

Então se cadastre no Google Search Console, após adicionar seu site, eles te dão instruções passo a passo. Você vai, após ele coletar os dados, isso pode levar alguns dias, você clica em Search Analytics. Após clicar em Search Analytics, você vai ver quais páginas estão aparecendo nos rankings, a quantidade de cliques, de impressões, e a taxa de cliques.

Impressão é a quantidade de pessoas que estão fazendo uma busca no Google onde suas postagens estão naquela página. Por exemplo, digamos que você pesquisa a palavra “cachorro”, e você clica na primeira postagem, a postagem número dois ainda recebe aquela impressão, porque você viu, mas não clicou nela. Isso que é uma impressão.

Não significa que você clicou, ou que não clicou, só significa que você viu uma postagem. Todas as postagens na página dois, não receberiam aquela contagem de impressão, porque você só clicou na postagem da primeira página.

Então você deve buscar as que tem um número de impressão alto e uma taxa de cliques baixa. Isso significa que as pessoas veem a sua postagem, mas não clicam nela. Então ao ajustar sua title tag…

Quando você faz uma busca no Google, você vê um título, que geralmente é azul ou rosado, na verdade não é rosado, seria um texto azul ou meio roxo. Roxo é quando você já clicou. E depois a descrição embaixo. E o que acaba acontecendo é, se você for deixar isso mais chamativo, o que vai acontecer? Mais pessoas vão clicar.

Então pegue seu título, e insira adjetivos e palavras que fazem as pessoas quererem agir imediatamente. Palavras como facilmente.

Maneiras de dobrar seu tráfego de mecanismo de busca facilmente

Vê como isso é mais instigante do que 10 maneiras de dobrar seu tráfego de mecanismo de busca? Você fica: “Wow, eu quero a maneira fácil, porque isso significa que vai ser muito mais fácil para eu dobrar meu tráfego de busca. E o mesmo vale para sua meta descrição.

Ao colocar uma frase chamativa, isso inclui as palavras-chave, você terá muito mais chance de receber cliques. Não é só encher de palavras-chave em tudo. Você tem que se certificar de que é legível para humanos. Se tiver usando WordPress, você pode ajustar seu título e sua descrição usando o plugin Yoast SEO.

Após fazer isso, você deve deixar, e após 30 dias, você deve ver se sua taxa de cliques aumentou ou diminuiu. Se sua taxa de cliques aumentou, o que vai acontecer é, o Google vai ficar tipo: “Wow, esses caras estão recebendo muitas impressões e muitos cliques agora, isso significa que as pessoas amam isso”.

E se você conseguir mais cliques do que a pessoa acima de você, o que isso significa? O Google vai ficar tipo: “Wow, essa postagem é mais relevante do que a de cima, vamos trocar elas de lugar”.

É assim que você continua aumentando os seus rankings lentamente. É esforço, não é uma mudança tão difícil, mas é um esforço que precisa de muito tempo antes dos rankings aumentarem a partir dele, mas é uma das melhores maneiras de aumentar seu tráfego.

E o legal do Google Search Console é que ele te mostra todas as palavras-chave que estão recebendo impressões. Você pode adicionar as que têm um número alto de impressões e ignorar as que têm um número baixo.

A segunda dica que eu tenho para você é se certificar de que o seu site é super rápido. Não estou falando simplesmente sobre se certificar de que o seu código é realmente limpo, e que assim você sabe que seu site carrega rápido.

Também estou falando sobre seu servidor, e use uma rede de distribuição de conteúdo. Por exemplo, se seu servidor for devagar, não importa quão limpo o código do seu site seja, ele não vai carregar rápido.

Não use aquela hospedagem barata de cinco dólares, pague por algo que é decente. Eu uso WP Engine, é caro, mas meu site carrega rápido por causa deles. A outra coisa que você deve fazer, como eu falei é utilizar uma Rede de Distribuição de Conteúdo. Dessa forma se uma pessoa na Índia acessar seu site, seu site vai ser puxado de um servidor que está na Índia. Ele vai carregar muito mais rápido para as pessoas ao invés de elas terem que esperar que o sinal da internet busque de um servidor na América do Norte.

Você deve se certificar de que o seu servidor está próximo delas, e não, você não precisa comprar servidores ao redor do mundo todo, ao invés disso use uma rede de distribuição de conteúdo como a Akamai, e isso vai garantir um carregamento super rápido para seu site.

E a última dica quando se trata de acelerar seu site, se certifique de usar também o framework AMP do Google. Então se uma pessoa estiver em um dispositivo móvel, isso vai garantir que o seu site carregue super rápido para ela.

Eu não me importo se uma pessoa tem um celular 4G ou LTE.  Sabe de algo? Algumas vezes você está em uma área com uma cobertura horrível, então ter um site compatível com AMP garante que ele carregue super-rápido.

Eu ouvi muitas pessoas dizendo que se você tiver um site compatível com AMP, o tráfego alavanca. Eu descobri que geralmente não acontece isso em regiões como América do Norte, Canadá, Austrália, Reino Unido, mas descobri que meu tráfego em lugares como o Brasil aumentou muito após eu ter implementado o protocolo AMP.

Então, ao ter seu site compatível com o framework AMP do Google, você vai notar que recebe mais tráfego dos países de terceiro mundo, ou regiões que não têm uma tecnologia tão boa quanto a da América do Norte.

A última diga que eu tenho para você é, dê um tema para seu site. E aqui está o que eu quero dizer com isso. Digamos que o seu site fala sobre SEO, continue somente com SEO. Não vá de SEO para anúncios na TV ou no rádio. Ao ter um site específico sobre um tema, você vai se sair muito melhor.

Após a atualização do Google Hummingbird, eles ficaram tipo: “Wow, sites que são super detalhados e completos sobre um tópico normalmente têm muito mais chances de terem mais conhecimento sobre esse assunto e nós devemos ranquear eles muito mais alto”.

E sabe de algo, isso que acontece. Então aqui está o que quero dizer com “dê um tema para seu site”. Digamos que você está escrevendo um grande guia de SEO, parecido com o Guia de SEO para Iniciantes da Moz. Você pode ter uma página que fala sobre, o que é SEO?

Depois você pode falar sobre SEO on-page, ou depois link building, ou depois você poderia falar até mesmo sobre construção de marca, e como isso impacta SEO. Você como estou falando sobre seções diferentes de SEO? Você não precisa ter uma página grande.

Assim como o guia deles, você pode separar em capítulos diferentes, subseções, ou em páginas. Isso permite que você ranqueie várias páginas com um termo, assim como empresas como a Moz está fazendo. Então se certifique de que você está realmente indo atrás de um tema. Muitas pessoas querem ser muito amplas. O que importa não é ser amplo. O que importa é ser específico sobre um assunto, dominar ele, e continuamente criar mais tópico sobre ele.

Isso não significa que você deve simplesmente continuar a criar conteúdo de SEO on-page. Eu não criaria 50 artigos sobre SEO on-page. Por quê? Porque isso vai confundir o Google. Eles vão ficar tipo: “Qual artigo de SEO on-page devemos ranquear com a palavra-chave SEO on-page?”.

Ao invés disso, eu deixaria esse artigo mais detalhado, colocaria mais subseções que explicam componentes diferentes de SEO on-page. O que importa é tematizar. Se seguir essas dicas você vai se dar muito bem.

Veja mais aqui: https://twitter.com/henrique_pazin

3 chaves para recuperar o desejo no relacionamento

teston ultraHá uma grande variedade de problemas que duas pessoas têm que enfrentar quando são um casal.  Um deles é o de recuperar o desejo no relacionamento, algo que tiveram um dia e que, há muito tempo, parece que se dissolveu.

Muitos casais se queixam de que já não se relacionam como antes, que nos primeiros anos isso não acontecia, será que ele deixou de me desejar?, talvez ela já não goste de mim como antes. Todas estas queixas têm um desencadeante.

A rotina, o cotidiano, a responsabilidade, os filhos… vão se transformando em desculpas para não se esforçar para reavivar um desejo que acreditavam que sempre estaria ali, mesmo se não fosse cuidado. Por tudo isso, hoje queremos dar 3 dicas essenciais que não admitem pretexto algum. São passos que é preciso dar para voltar a recuperar o desejo que foi perdido.

Dicas para recuperar o desejo no relacionamento

Confira abaixo algumas dicas que podem te ajudar a esquentar seu relacionamento amoroso de novo:

Autoconhecimento

Muitas pessoas acreditam que conhecem a si mesmas quando, na realidade, isso não é verdade.  Isso se comprova quando estão em um relacionamento e não sabem como recuperar o desejo. O que me excita? O que me dá tesão? Quais das minhas relações sexuais anteriores me marcaram? Quero provar algo novo, mas tenho vergonha?.

Todas estas perguntas precisam ser respondidas com sinceridade, já que isso dará um passo ao ponto do qual falaremos a seguir. Se não sabemos do que gostamos não podemos recuperar o desejo porque não saberemos nem por onde começar, ou não poderemos nos comunicar com nosso parceiro sobre o que pode nos excitar.

Por isso, é muito importante tomar um tempo para refletir, deixando de lado medos, crenças absurdas e pensamentos que estão danificando o relacionamento e impedindo que você desfrute das relações sexuais com seu parceiro.

Comunicação com o parceiro

Uma vez que tenhamos passado pelo ponto anterior e já saibamos do que gostamos, é o momento de falar disso com nosso parceiro abertamente. Sem máscaras, nem vergonhas e sem se limitar. Parece mentira que tenhamos a confiança de nos mostrarmos nus e manter relações com alguém, mas que mantenhamos uma vergonha imensa de dizer do que gostamos, onde pode nos tocar ou o que pode fazer para nos excitar.

Em um relacionamento a confiança ocorre em todos os sentidos, e isso inclui o terreno sexual. Não podemos esperar que o outro leia nossa mente porque isso não vai acontecer.

É o momento de deixar de brincar de adivinho e falar de maneira clara. Para recuperar o desejo no relacionamento, devemos ser sinceros. Do que gostamos ou o que queremos provar? Do que não gostamos e o que queremos mudar?

Hora de agir!

Tudo o que foi dito antes é válido para recuperar o desejo, mas não serve de nada se não passarmos à ação, ao que dará a faísca novamente ao relacionamento. Isso é o mais divertido pois se trata de sair da zona de conforto e explorar outros terrenos que nos façam vibrar novamente. Você se lembra do frio na barriga que sentia no início do relacionamento? Da tensão sexual que os invadia as vezes? Tudo isso pode ser recuperado, sempre que haja vontade por parte dos dois.

Essa incógnita de não saber o que poderá acontecer naquele encontro ou sonhar com o que pode acontecer… Tudo isso vai aumentar o desejo, nos fará desejar de novo o outro, querer estar com ele dessa maneira. A rotina é uma zona de conforto muito cômoda que vai requerer um esforço e vontade para poder sair dela.

Muitas destas dicas podem dar preguiça ou nos fazer pensar que é inútil colocá-las em prática. Porém, este é um recurso que nossa zona de conforto tem para que não saiamos dela. Não deixemos de lado.

A maioria dos casais passa por esta redução ou inclusive ausência do apetite sexual. Porém, hoje vamos mudar isso, porque é o momento de recuperar o desejo no  relacionamento.

Saiba como deixar seu pênis maior naturalmente

Todas as vezes que o assunto é tamanho do pênis todos os homens querem estar dentro ou acima da média, certo? Com você não vai ser diferente, tenho certeza. Se você quer descobrir maneiras de como aumentar seu pênis sem cirurgias ou técnicas mirabolantes você está no lugar correto.

Não há tamanho de pênis correto, isso independe do seu tamanho, peso e faixa de idade. O que existe é uma média criada pelo ser humano, melhor maca peruana do mercado.

Quais os melhores métodos para aumentar o pênis

Como eu disse acima, se você estiver afim de aumentar o tamanho do seu pênis fique por aqui. Todos sabemos que quanto “mais normal” o tamanho do pênis maior será a sua satisfação sexual. Pesquisas apontam que homens com o órgão genital muitos pequenos proporcionam pouco prazer para suas mulheres.

Existem homens que também acham que seu pênis não tem a grossura ideal, para esses casos existem algumas possibilidades de serem feitos implantes de gordura, silicones e tecidos. Existem hoje em 2018 alguns suplementos naturais que aumentam o pênis.

Existem também bombas penianas que são capazes de auxiliar nessa conquista. Elas podem ser usadas pelo menos 3 vezes por semana, 2 vezes por dia e apontam crescimento do membro. Muitos homens tem problemas de impotência sexual e ereção justamente por ter o psicológico abalado por conta do tamanho do seu membro.

Algumas mulheres também fazem comentários maldosos ao final de seu relacionamento, espalhando para outras mulheres que seus ex namorados/esposos tem o membro pequeno. A opinião dos outros é outra coisa que deixa os homens muito preocupados e abalados.

Procure ajuda médica

Se ao usar várias técnicas e suplementos você não ver resultados expressivos a sugestão desse blog é que você procure um profissional competente para que você consiga finalmente atingir o tamanho desejado.

Problema de libido

Outro problema que pode acontecer com os homens é a falta da libido durante algumas fases. Isso pode ser falta de testosterona, muitos homens passam por isso devido a idade avançada e problemas de stress. A ajuda de um terapeuta nesses casos também pode ser muito bem vinda. Cuide-se!

Maca Peruana

Um dos suplementos naturais mais indicados para resolver problemas sexuais masculinos é a Maca Peruana. Existem várias maneiras de consumi-la. Pode ser em cápsulas ou em pó (misturado com água). Faça uma pesquisa detalhada sobre qual a melhor maca peruana e se ela se encaixa no que você precisa. Mulheres também podem consumir maca peruana, elas ajudam no emagrecimento.

Refeição pós-treino: o que consumir?

Quando o assunto é maximizar a recuperação muscular após o treino, todos nós estamos acostumados com o protocolo Whey Protein com Malto e/ou Dextrose, mas será que esse é o modo mais efetivo para impedir o catabolismo após o treino ?

Veja o que comer no pós treino

Primeiro vamos investigar um pouco as famosas substâncias usadas no pós-treino e o que elas provocam em nosso corpo:

Whey Protein

É uma proteína completa derivada do soro de leite, extensivamente usada por fisiculturistas e entusiastas. Sua absorção é rápida e aumenta os níveis de aminoácido na corrente sanguínea pouco minutos após sua ingestão.

Maltodextrina

É um carboidrato complexo derivado do amido de milho. Apesar da sua estrutura, ela é absorvida extremamente rápida pelo organismo.

Dextrose

É o resultado final da quebra do carboidrato complexo, ou seja, sua forma mais simples. Quando ingerida, ela vai direto para a corrente sanguínea.

Um fato interessante é que o malto e a dextrose são ingredientes extremamente baratos e são usados como fonte de carboidratos em vários suplementos que são vendidos por preços bem salgados.

Voltando ao assunto principal. Quando a dextrose, malto e vários outros carboidratos refinados(pão francês, biscoitos, refrigerantes, etc…) entram em nosso organismo, os níveis de glucose no sangue se elevam rapidamente, atingindo um pico e colocando o corpo em um estado de hiperglicemia. O que acontece em seguida é uma resposta igualmente forte de insulina gerada pelo pâncreas, para normalizar os níveis de açúcar no sangue.

A insulina é de fato o hormônio mais anabólico que existe, ela é capaz de mudar um estado catabólico do corpo, para anabólico de uma hora para outra. Usamos um carboidrato rápido após o treino, justamente para provocar esta ação da insulina que em conjunto com Whey, ligam o “modo anabólico” em nosso organismo.

Mas olhando esse processo de perto e considerando tudo o que a ciência já descobriu sobre a ação da insulina, pode ser que exista um meio mais eficiente para se alimentar após o treino.

Todos esses carboidratos que ingerimos não podem permanecer na nossa corrente sanguínea por muito tempo, senão morreríamos por hiperglicemia prolongada. Então o carbo tem dois destinos diferentes:

  1. Ele é direcionado pela insulina para o tecido muscular e armazenado em forma de glicogênio para servir de combustível para o músculo e ajudando no processo de recuperação e reconstrução muscular.
  2. Ele é direcionado pela insulina para o tecido adiposo, sendo armazenado como célula de gordura.

Na maioria dos casos, acontece uma combinação dos dois, dependo da quantidade de carboidrato consumido, o tipo e a sensibilidade à insulina da pessoa em questão.

Consumindo carboidratos que causam grandes picos de insulina todos os dias, faz com que a sensibilidade dos receptores de insulina nos músculos diminua, semelhante ao uso de estimulantes como cafeína e efedrina. Conforme o tempo, você precisa de quantidades maiores para sentir uma diferença notável.

No caso da insulina, o corpo começa a ficar menos sensível devido a frequente ingestão de carboidratos simples, o pâncreas vai ter que bombear mais e mais insulina para que o corpo consiga normalizar os níveis de açúcar no sangue. E isto, infelizmente, transforma-se em uma maior quantidade de glucose sendo armazenado em forma de gordura do que transformando-se em glicogênio para os músculos. Resumindo: menos sensibilidade à insulina = mais barriga e menos massa muscular.

O conceito de Whey + Dextrose/Malto no pós-treino não é a única maneira para se alimentar após o treino, podemos aceitar uma abordagem diferente e aumentar ainda mais os ganhos de massa muscular.

Uma alternativa seria utilizar uma fonte de carboidrato que não é refinada, com fibras e densa em nutrientes. Alguns exemplos desse tipo de carbo seriam: aveia, batata doce e arroz integral.

Quando ingerimos esse tipo de carboidrato, ele leva mais tempo para ser absorvido pelo corpo, devido a sua estrutura complexa. A insulina é aumentada em uma velocidade lenta e controlada, os níveis de açúcar se mantém estáveis e mesmo assim conseguimos reconstituir o glicogênio perdido durante o treino e ainda evitamos o desperdício de nutrientes.

Resumindo:

  • Haverá um aumento da sensibilidade à insulina, pois você não estará gerando tantos picos.
  • Uma maior quantidade massa muscular sendo construída e menos gordura sendo armazenada.
  • Melhora nos níveis de colesterol (ótimo para usuários de esteroides anabolizantes).
  • Menos desperdício de nutrientes
  • Maior saciedade, você não vai ter que empurrar mais comida depois de 40 minutos para evitar o catabolismo.

Exemplo de Refeições Pós-treino, sem se entupir de carbos simples.

  • Aveia (Até 100g)
  • Claras de Ovo (7 à 10)
  • Pó proteico misturado com a aveia.

Meu mundo acabou, o que eu vou fazer sem o meu Whey Protein e Malto após o treino!?

As pessoas são musculosas a anos, antes mesmo de existir whey protein ou malto. Este método é apenas uma forma de se alimentar após o treino, cabe a cada um saber filtrar toda a informação que lê para conseguir ficar sempre a frente e ganhar cada vez mais massa muscular.

Escreveu: https://www.youtube.com/channel/UCx00-3lu4ETu_DjjkUxaH4w

Conheça os 8 fetiches sexuais mais comuns

Conheça alguns dos fetiches sexuais mais comuns, práticas que se caracterizam por causar excitação ou orgasmos por meio do uso de objetos, substâncias ou de uma parte do corpo em particular.

Ainda que para muitos seu nome seja um pouco intimidante, é uma prática comum e inofensiva que, de fato, pode melhorar a experiência sexual. Em alguns casos passa a ser uma conduta recorrente e necessária para a excitação sexual e, portanto, o fetichismo chega a ser considerado um transtorno patológico.

Porém, em geral, é uma simples manifestação da sexualidade tanto nos homens quanto nas mulheres.  Você conhece os fetiches sexuais mais comuns? Descubra 8 deles a seguir.

Fetiches mais comuns

Confira abaixo os fetiches mais comuns entre os brasileiros:

Piercings

É um dos fetiches sexuais mais comuns, principalmente na população com menos de 40 anos. Incorpora todo tipo de perfurações e joias de diversos tamanhos, formas e cores. Estes elementos costumam adornar partes do corpo que, por sua vez, facilitam a excitação sexual: os mamilos, a região íntima, os lábios, a língua e o umbigo.

As pessoas que se sentem atraídas por estes elementos podem sentir uma forte excitação sexual só de vê-los na outra pessoa. Porém, esse gosto em particular também pode ocorrer pela sensação de frio que o elemento metálico causa ao ter contato com o corpo.

Cabelo

O fetichismo por cabelo, conhecido como tricofilia, é bastante comum, principalmente entre os homens. Eles sentem excitação pelo contato direto com o cabelo ou, ainda, por sua cor, por um penteado ou um estilo de cabelo em particular. As mulheres, por sua vez, podem se sentir fascinadas pela barba, bigode ou pelos no peito.

Sapatos

xtrasize funciona mesmo

Esse com certeza é um dos fetiches mais populares. A altocalcifilia, ou seja, excitação sexual com quem usa sapatos femininos. Existem homens que chegam ao máximo do prazer ao transar com mulheres que estão usando salto alto. O prazer pode chegar, muitas vezes, a ser maior do que em todas as outras relações sexuais, superando até mesmo a penetração anal. Esse fetiche ajuda alguns homens a manter o pênis ereto por mais tempo.

Couro

O uso de elementos de couro durante as relações sexuais é um dos fetiches sexuais mais comuns. Atualmente são vendidos em todas as lojas de produtos eróticos e, de fato, há clubes e convenções para quem tem este gosto. O couro, principalmente o preto, se transformou em um símbolo sexual universal, relacionado com as práticas de dominação e sadomasoquismo. Os artigos podem incluir, entre outros: máscaras, chicotes, correias, roupas íntimas e fantasias.

Lingerie

A roupa íntima de lingerie costuma causar uma certa excitação na maioria dos homens. Estas roupas são feitas para ressaltar a sensualidade da mulher, o que, de algum modo, as torna mais desejáveis para eles. Muitos, inclusive, preferem que sua parceira use meias, cintas-liga ou lingerie sexy enquanto têm relações sexuais.

Fantasias

O uso de fantasias não é só um fetiche popular, mas é uma das tantas formas de sair da rotina durante as relações sexuais. Estes elementos ajudam a aumentar a imaginação, e tanto homens quanto mulheres têm a possibilidade de se fantasiar e manter sua excitação a um nível máximo. Ao usá-las, podem assumir papéis ou diferentes  personalidades, dependendo da criatividade de cada um.

Voyeurismo

Ainda que, pelo seu nome, não pareça tão comum como os outros fetiches mencionados, o voyeurismo é uma prática sexual comum que, de fato, a maioria já praticou. A fantasia acontece para muitos é ver outras pessoas nuas ou praticando relações sexuais, em qualquer lugar. Muitas pessoas só se sentem excitadas quando a pessoa observada não sabe que está sendo vista. Já outras pessoas, em contrapartida, desfrutam muito mais quando são espectadores autorizados.

Podemos incluir neste fetiche a excitação de assistir filmes pornôs, com ou sem a (o) parceira (o).

Submissão e dominação

A submissão e dominação fazem parte das fantasias sexuais mais comuns, principalmente depois do sucesso de filmes como 50 tons de cinza. Na prática do sadomasoquismo são incluídos brinquedos sexuais como: Algemas, tornozeleiras, chicotes, vestidos de couro e coleiras.

Você se sente atraído por algum destes fetiches? Já os usou com seu (a) parceiro (a)? Ainda que alguns sejam muito curiosos, inclusive estranhos, não cabe dúvidas de que são uma grande ajuda para estimular e desfrutar ao máximo a nossa sexualidade. Compartilhe-os com seu parceiro e aproveite para sair da rotina!

Como perder peso de vez

Quer uma ajudinha na hora de estar em forma para aquela festa na piscina ou viagem com os amigos? Saiba o que fazer para que o seu corpo seja o seu maior aliado. Em primeiro lugar, todo mundo tem seus hábitos e manias. E também, vontades e desejos.

Principalmente quando se trata da alimentação. Com alguns cuidados, podemos comer o que gostamos e ao mesmo tempo ter a colaboração do organismo para que o nosso corpo reaja bem a cada coisa. Algumas dicas, são infalíveis na hora de querer mudar de vida e ficar mais saudável, e alguns alimentos não são proibidos, mas quanto mais evitados, melhor, thermatcha onde comprar.

Dicas para emagrecer de verdade

Lembre-se de sempre mastigar bem os alimentos até virar uma pasta. Assim, a digestão fica mais fácil e você evita o acúmulo de gases. Abuse das frutas, principalmente com casca, que são ricas em água, fundamental para hidratar o intestino. Tome diariamente suco verde, que ajuda a evacuar e a eliminar toxinas.

Outra troca necessária é cortar o macarrão e o pão francês eles são vilões das dietas. A dica é trocar esses alimentos por pão e macarrão integral. Esses alimentos integrais são ricos em vitaminas B e mantém o intestino saudável.  Além disso, têm o índice glicêmico baixo, que ajuda a diminuir a gordura abdominal. E se possível, incluir o feijão, a lentilha, o grão-de-bico e a soja no seu cardápio. Eles são ótimas fontes de magnésio, ajudam nos movimentos intestinais.

Também adicionam fibras às refeições, que mantêm a flora intestinal saudável e o intestino funcionando bem. Para aumentar o potencial de fermentação deixe o molho na geladeira de um dia para o outro e sempre use água mineral durante o preparo.

Não deixe de se hidratar com dois litros de água por dia, assim as toxinas são eliminadas tanto quanto pela urina e fezes. Um adicional que faz toda a diferença, são as sementes de linhaça, gergelim, girassol e abóbora são boas fontes de gorduras saudáveis.

Também têm zinco e vitamina E, essenciais para a saúde intestinal. E nozes, amêndoas e castanhas são ricas em selênio, procure consumi-las com moderação, thermatcha.

Na hora de tratar do que se deve evitar, as bebidas com gases estão no topo da lista,  independente de qual tipo, mesmo as menos calóricas e sem a adição de açúcar. Também evite os doces, pães e biscoitos que são produzidos com a farinha branca, ela aumenta demais a gordura que se acumula na barriga. Se possível, deixe a carne vermelha de lado, que leva mais tempo para ser digerida, e opte pelas brancas e leves.

E também desista dos alimentos embutidos, que contém muito sódio e provocam a retenção de líquidos. Não é necessário sempre evitar esses alimentos, uma vez ou outra não há mal algum em tirar um dia para fazer escolhas mais perigosas ao organismo, porém prazerosas ao paladar. O segredo é saber balancear esses momentos e equilibrá-los com uma vida saudável, entre alimentação e exercícios físicos.

Carimbo com pedido de “Lula livre” faz notas perderem valor?

Notas rasuradas com o carimbo Lula Livre não perdem o seu valor, informa o Banco Central. No entanto, especialista ouvido aponta que rasurar cédulas é crime e comerciantes podem recusar o dinheiro em estabelecimentos.

Desde o começo da semana, tem circulado na internet um vídeo que mostra um grupo de pessoas carimbando cédulas de real com uma marca que leva o rosto do ex-presidente Lula e a legenda “Lula Livre”. “É de graça”, afirma o homem que carimba as notas enquanto apoiadores fazem fila.

Pouco depois, uma corrente que informa que o Banco Central proibiu bancos e estabelecimentos de aceitar as cédulas marcadas ganhou as redes sociais. Além disso, informa a mensagem, seu portador pode ser preso.

“Ao receber tais notas, os bancos deverão chamar a polícia e o portador estará sujeito ao enquadramento do artigo 163 do Código Penal que trata do crime de rasura em papel moeda”, afirma a nota.

Cédulas marcadas com o carimbo Lula Livre perdem o valor?

De acordo com o Banco Central, não. Em nota, a instituição federal informou que elas podem, sim, ser trocadas ou depositadas nos bancos sem prejuízo ao portador.

“Cédulas com rabiscos, símbolos ou quaisquer marcas estranhas continuam com valor e podem ser trocadas ou depositadas na rede bancária”, informa a instituição. “As notas descaracterizadas apresentadas na rede bancária serão recolhidas ao Banco Central, para destruição.”

O órgão pede, no entanto, que os cidadãos evitem rasurar notas. “A fabricação de cédulas e moedas gera custos para o país e sua reposição elevará ainda mais esse custo”, conclui o comunicado.

Rasurar notas é crime

Embora as notas não percam seu valor, rasurar as cédulas é crime, de acordo com o Código Penal brasileiro. O inciso 3 do Artigo 163 tipifica como crime “destruir, inutilizar ou deteriorar coisa alheia se o crime é cometido contra o patrimônio da União, Estado, Município, empresa concessionária de serviços públicos ou sociedade de economia mista”.

“Como as notas são emitidas pela Casa da Moeda, é um crime contra a União e julgado pela Justiça Federal”, explica Marco Aurélio Florêncio, professor de Direito Penal da Universidade Presbiteriana Mackenzie. “Dentro do artigo, esse caso entraria na parte de deteriorar.”

O Código prevê detenção de seis meses a três anos ou multa como pena. Florêncio, no entanto, explica à reportagem que “dificilmente” alguém responderia penalmente por rasurar uma nota.

“Tem de analisar o caso, mas, como é um crime sem violência, com circunstâncias judiciais benéficas, não é um caso penal”, argumenta o advogado. “É mais provável que a pessoa responda de maneira processual: pague uma multa ou preste serviços à sociedade, o que é o mais comum.”

Comerciantes podem rejeitar notas rasuradas

Apesar da nota não perder o seu valor, o especialista diz acreditar que o comerciante tem o direito de rejeitar notas rasuradas ou deterioradas.

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul deu um entendimento de forma semelhante em um processo cível de 2016. Um cidadão processou um supermercado por não aceitar uma nota remendada com fita adesiva. O TJ entendeu que era direito do estabelecimento não aceitá-la dada seu estado.

Assim como o Banco Central, Florêncio aconselha às pessoas que receberem notas rasuradas ou carimbadas a trocarem em um banco. “O portador pode ir à instituição financeira e trocá-la, sem prejuízo”, conclui o especialista.

Veja mais: https://plus.google.com/u/0/111039148698720371778/

O glúten é ruim para sua saúde?

Sem GlútenPor que as fomes de inverno de 1944 e 45 ao final da Segunda Guerra Mundial melhorariam a saúde de crianças doentes nos Países Baixos?

Para o Pediatra Holandês Dr. Willem Dicke, isso na verdade fez bastante sentido. O Dr. Dicke estava buscando uma maneira de tratar a doença de Gee-Herter, uma doença que prejudica o intestino levando a graves complicações e a falta de tratamento geralmente significava morte.

Durante o inverno da fome, comidas comuns como o pão tornaram-se muito escassas. Então, as crianças com esta doença de repente começaram a ficar muito melhores. Mais tarde, quando os esforços de socorro suecos fizeram o pão disponível novamente, a saúde das crianças piorou.

Você pode ter adivinhado, mas a doença de Gee Herter era outro nome para doença celíaca e enquanto a doença celíaca pode causar terrível angústia, ela tem uma cura: uma dieta sem glúten. Uma ótima opção é o Livro de Receitas Meu Mundo Sem Glúten.

Alimentação sem glúten

O “Sem glúten” tem sido uma grande chavão ultimamente que varreu os supermercados colocando  todos os tipos de produtos nas prateleiras. Curiosamente, existem todos os tipos de histórias sobre pessoas que curaram uma doença ou outra, eliminando todo trigo e produtos contendo glúten de suas dietas.

O livro Toxic Staple de Anne Sarkisian é cheio de histórias pessoais de pessoas
que com uma dieta sem glúten, curaram várias doenças como Síndrome do Intestino Irritável, Ácido Refluxo gastroesofágico, erupções cutâneas, alergias e até problemas neurológicos como depressão, enxaquecas, TDAH e névoa cerebral.

Uma razão pela qual as melhoram cortando o glúten, é que mais de 95% das pessoas com doença celíaca não são diagnosticadas.

Como atesta o médico Alessio Fasano, a doença celíaca é um “camaleão clínico” que “pode ​​variar de diarreia crônica, perda de peso e distensão abdominal aos sintomas a condições que podem afetar qualquer sistema de órgãos “.

Mas a doença celíaca não é a única desordem relacionada a glúten. Enquanto a incidência global de doença celíaca varia de 0.5% a 1%, estima-se que 18 milhões de americanos, cerca de 6% da população, tem uma condição chamada “sensibilidade ao glúten”, segundo o Dr. Fasano.

Dr. Kenneth Fine da EnteroLab, um laboratório de testes para a sensibilidade ao glúten não celíaca, afirma que o número de pessoas com esse transtorno chega a 30% da população.

Enquanto na Croácia no verão de 2010, o jogador de tênis Novak Đoković estava tendo uma consulta com o Dr. Igor Cetojevic, o médico rapidamente confirmou que o braço esquerdo de Djokovic era visivelmente mais fraco do que o seu direito.

Na verdade, doutor Cetojevic estava curioso sobre a saúde de Djokovic desde o dia em que assistiu um jogo seu no Aberto da Austrália e viu que Djokovic estava tendo problemas para respirar durante uma partida. Ele aparentemente também vomitou violentamente durante uma pausa para o banheiro. O doutor Cetojevic explicou a Djokovic que ele provavelmente era sensível ao glúten.

Olhando para trás, essa revelação explicou a Djokovic por que ele desabou da exaustão durante várias partidas. Embora não tenha sido diagnosticado com doença celíaca, Djokovic iniciou uma dieta sem glúten e melhorou drasticamente sua saúde muito rapidamente.

Viver sem glúten

Você pode estar pensando “OK, então, e se eu não for sensível ao glúten ou celíaco? Devo remover trigo e glúten da minha dieta?”

Bem, alimentos ricos em carboidratos como grãos em geral, elevam seu açúcar no sangue, levando a vários problemas com peso e resistência à insulina. Portanto, uma dieta livre de grãos em geral tem vários benefícios, mas o que é único sobre trigo e glúten?

Primeiro, mesmo pessoas sem sensibilidade comprovada ao glúten afirmam ter perdido facilmente muito peso cortando o trigo especificamente.  E, um estudo de 2012 do Brasil descobriu que um dieta sem glúten reduz gordura corporal, inflamação e resistência à insulina.

No estudo, eles deram a dois grupos diferentes de ratos livre acesso a alimentos e água. As dietas eram exatamente as mesmas, exceto que a dieta de um grupo continha 4.5% de glúten de trigo. Os ratos com glúten ganharam mais peso corporal e muito mais gordura.

Especificamente, os ratos comendo o glúten tinham maior insulina em jejum e glicose, e tiveram muito mais gordura nos músculos e no fígado. Isso aponta o dedo para o glúten como um exacerbador de resistência à insulina, diabetes e fígado gorduroso.

Na verdade, quando eu estava fazendo pesquisas para um artigo sobre por que a taxa de obesidade no Japão é apenas 3.5% em comparação com a da América de 30%, notei que há uma grande diferença no consumo de trigo entre os dois países.

Na América foram consumidos mais de 112 toneladas de arroz e trigo juntos no ano de 2017. Mas, eles comeram 117 kg no Japão. Então, os japoneses estão realmente comendo mais destes dois grãos combinados, mas eles estão comendo quase metade do trigo como americanos. Esta diferença drástica no consumo de trigo poderia ser um fator importante na diferença drástica nas taxas de obesidade nesses dois países.

No entanto, há mais do que apenas ganho de peso acontecendo quando você consome glúten. O glúten de trigo é, na verdade, uma combinação de duas proteínas chamadas gliadina e glutenina. A questão do glúten é que, embora possamos comê-lo sem problemas óbvios, ninguém é capaz de digeri-lo completamente.

Segundo o Dr. Alessio Fasano, “todas as proteínas que ingerimos podem ser completamente desmanteladas com exceção de uma estranha, incomum proteína. “Claro”, essa proteína é glúten e, mais especificamente, seus componentes gliadinas e gluteninas.

Então, depois de comer algo como pão, estes peptídeos de glúten não digeridos flutuando pelo intestino delgado superior e seu intestino percebe-os como um potencial inimigo. Dr. Fasano diz que com base em estudos do Centro para Pesquisa Celíaca e seus colegas em todo o mundo, “parece que o sistema imunológico do corpo interpreta erroneamente o glúten como um componente de uma bactéria ou bactéria perigosa.”

Isso faz com que o corpo desencadeie uma resposta imune para lutar contra e livrar o corpo do atacante percebido. Dr. Fasano diz que “esta resposta é suscitada em todos. Não é exclusivo para pessoas afetadas por transtornos relacionados ao glúten “.

E, essa resposta imune provoca inflamação. A inflamação é uma resposta natural às infecções ou lesões, mas é suposto ser temporário, não é algo que você quer que aconteça toda vez você come. Um artigo de 2011 do Dr. James Oschman explora a ligação entre inflamação e doença crônica. Ele lista um grande número de estudos documentando relações entre inflamação e condições como alzheimer, distúrbios intestinais, câncer diabetes e artrite reumatóide.

Dr. David Perlmutter diz que “não existe nenhuma parte do corpo que é imune à efeitos nocivos do glúten e o motivo sendo que não há parte do corpo que é excluído do mecanismo de inflamação “.

Agora, há outro componente de como o glúten afeta o revestimento do intestino. Como você sabe, a pele, atua como uma barreira para evitar que coisas indesejadas entrem no corpo. Da mesma forma, o epitélio do seu intestino, seu revestimento, atua como uma barreira para prevenir que conteúdos indesejados do intestino vazem para outras partes do corpo. Agora, no revestimento do intestino estão espaços entre células chamadas “junções apertadas” que atuam como portões.

Se eles permanecem abertas em momentos inadequados, podem causar muitos problemas – assim como quando temos feridas abertas na pele quem podem causar muitos problemas, você não quer espaços abertos no revestimento do seu intestino vazando coisas dentro e fora do intestino. Em outras palavras, nosso corpo é como uma fortaleza, e nosso intestino está tentando nos proteger.

No ano 2000, foi descoberto pelo Dr. Fasano e sua equipe na Universidade de Maryland, conheça aqui, que existe uma proteína chamada Zonulina que permite a abertura e o fechamento dessas pontes levadiças no intestino. O gene que codifica esta molécula está sentado neste pequeno cromossomo que é cromossomo 16. Mas está repleto de genes que foram associados a algumas doenças importantes na humanidade.

Doenças autoimunes, câncer e doença do sistema nervoso estão reunidas aqui. Quando o gene para Zonulina foi clonado, uma série de cientistas em todo o mundo olharam esse gene para ver se ele estava ligado a qualquer doença e com certeza, as mesmas três categorias mostraram acima.

Então, gliadina usa a Zonulina, a chave para a ponte levadiça, para permitir que os peptídeos de gliadina escapem através do intestino e entrem na corrente sanguínea, e em seguida, chegar aonde eles não pertencem e causar problemas.

Portanto, o corpo humano não está devidamente equipado para lidar com a ingestão de grandes quantidades de glúten em geral, e parece estar pagando seu preço em mais e mais pessoas. A doença celíaca está em ascensão, aumentando quatro vezes nos últimos cinquenta anos.

E, descobriu-se que em um grupo de 3000 pessoas, a doença celíaca estava dobrando a cada 15 anos. Algumas dessas pessoas, depois de poderem comer glúten sem queixa por 70 anos, de repente desenvolveram doença celíaca. Então, o que está acontecendo aqui?

Em primeiro lugar, estamos consumindo muito mais produtos de trigo e glúten hoje em dia. Nós fomos admoestados a comer mais “todos os grãos” com a pirâmide alimentar ilustrando que a base da nossa dieta deve ser grãos. Não só isso, a maioria dos produtos alimentares no supermercado contém glúten ou alguns componente do trigo.

O glúten possui propriedades úteis para fazer todo tipo de alimentos, e é um bom agente estabilizador, então se encontrou em muitos outros produtos como ketchup, molho de soja, resfriados e até mesmo batom.

Em segundo lugar, o trigo mudou bastante com o tempo. O trigo era praticamente o mesmo nos últimos 10 mil anos aproximadamente que nós estivemos comendo até a segunda metade do século XX, quando as técnicas de hibridização transformaram o grão.

Na verdade, este estudo descobriu que, em comparação com antigas estirpes de trigo, o trigo moderno expressa uma maior quantidade de genes para proteínas de glúten que estão associados à doença celíaca.

Outro culpado é Os modernos métodos de preparação de trigo. Costumava ser que fazer pão exigia um longo processo de fermentação que necessitava alguns dias. Agora, você pode ir de farinha para pão em duas horas. Em qualquer caso, parece que quase qualquer um poderia se beneficiar de alguma forma comendo menos trigo e glúten.

Dependendo de quem você é, você pode obviamente tolerar mais ou menos. Celíacos e pessoas sensíveis ao glúten, obviamente tem que ter muito cuidado com a dieta deles.

Em outras pessoas, o consumo constante de trigo pode desperdiçar lentamente sua saúde com inflamação persistente. E outras pessoas podem aparentemente comer todos os pães que desejam e não têm problemas, pelo menos, nenhum problema óbvio.

Pelo menos, se você tiver algum problema sempre presente de estômago ou outras questões crônicas como neblina cerebral, fadiga ou infecção de pele, vale a pena tentar uma dieta livre de glúten ou sem grãos por algumas semanas.

O pior cenário é você perder alguns quilos no processo. Uma última coisa que devo acrescentar é que só porque algo é sem glúten não significa que é mais saudável. Os produtos sem glúten muitas vezes adicionam mais açúcares, mais gorduras refinadas pouco saudáveis e outros questionáveis substitutos para compensar a perda palatabilidade de tirar o glúten. A menos que você seja celíaco ou sensível ao glúten, trocando alimentos processados ​​para receitas de alimentos sem glúten é dificilmente uma melhoria na saúde.

Como comprar milhas aéreas no Mercado Livre

Comprar no Mercado Livre é muito fácil. Antigamente, as pessoas se restringiam mais a vender produtos, como perfumes, peças para computadores, roupas, eletrônicos e etc. Hoje em dia, até mesmo milhas aéreas para viagens são comercializadas nestes sites de comércio varejista. Aqui você saberá um pouco mais sobre como comprar milhas aéreas AZUL e GOL no Mercado Livre com nossas dicas para saber se compensa utilizá-las ou vendê-las. Confira!

Como comprar no Mercado Livre

Para comprar milhas aéreas no Mercado Livre o procedimento é normal, como se fosse efetuar qualquer outra compra. Deve-se analisar o perfil do vendedor, ver suas qualificações, sua trajetória dentro do site e a quantidade de produtos que o mesmo já efetuou vendas. Levando em conta o parâmetro confiança, deve-se depositar o dinheiro na conta do vendedor ou utilizar o Mercado Pago para comprar milhas aéreas TAM e GOL. A pessoa receberá suas milhas no tempo determinado e poderá trocá-las para o destino desejado.

Quando comprar milhas aéreas

Existem situações em que se compensa ou não comprar milhas aéreas. De um modo geral, pequenas distâncias ainda representam um custo benefício maior de serem feitas dentro de passagens compradas na própria empresa. Para comprar milhas aéreas, o destino deve ser maior, como uma viagem da região Sudeste para o Acre, por exemplo. Colocando na ponta do lápis, uma situação como essa é vantajosa, ao passo que pequenas distâncias podem comprometer o mesmo valor pago com o ônus de não acumular milhas aéreas para uma viagem próxima. É uma questão a se pensar!

Quando colocar suas milhas a venda no Mercado Livre

Quando as milhas estão com a validade no limite é sempre bom repassá-las, ou então a obrigatoriedade de gastá-las poderá representar um grande ônus, visto que há grande possibilidade da viagem não acontecer se não está dentro do seu planejamento. Outra situação é quando você quiser viajar sem a questão de inúmeras escalas de voo. A solução é vender suas milhas e pagar a passagem numa viagem menos atribulada. Um cuidado importante é prestar atenção no acúmulo de milhas que podem expirar em determinado período.

Quando fazer planos de milhagem

Algumas cias aéreas oferecem planos de milhagem pagos por mês. Isso só vale a pena se você pegar alguma promoção dessas empresas. Dizem que vale a pena se você conseguir pagar até R$15,00 no milheiro. Vale a pena se você viaja muito e deseja juntar mais milhas para juntar com as suas milhas.

Saiba mais: https://twitter.com/drisiqueira_

Yoga é um bom aliado para emagrecimento


Reabilitação respiratória, redução de casos de asma, de gastrite e de prisão de ventre, melhora na ansiedade e até na insônia, são alguns dos benefícios proporcionados pela prática do Yoga. Mas mesmo sendo praticada por milhares pessoas há anos, ainda há muitas dúvidas sobre a modalidade, que ainda é vista por muitos como sinônimo de meditação. O professor Sânio Gomes, do Centro de Bem-Estar e Fisioterapia Levitas, em São Paulo, revela quais são os principais mitos e verdades sobre o Yoga.

Mitos e verdades sobre Yoga para emagrecer

A Yoga não pode ser praticada por qualquer pessoa.

Mito. O Yoga é um estado de consciência, e não uma postura física, por isso qualquer pessoa pode praticar a atividade, desde crianças e jovens até adultos e idosos. Nem sempre é necessário fazer as posturas físicas  para estar de fato praticando Yoga.

Yoga pode ajudar na qualidade de vida, inclusive melhorar o ânimo.

Verdade. Além de melhorar o ânimo, diminui a ansiedade e promove benefícios físicos como diminuição das dores no corpo, aumento da força, da flexibilidade, do alongamento e da mobilidade.

Sentir dores durante a prática do Yoga não é considerado normal.

Verdade. É preciso muito cuidado com as dores que ocorrem durante a prática de exercícios. Se a dor surge no momento em que o exercício está sendo realizado, o professor deve auxiliar o aluno e indicar a diminuição da intensidade, pois pode causar lesões mais sérias futuramente. Se a dor surgir após a prática e persistir por 24 horas após o exercício, pode estar relacionado ao esforço físico. Trata-se do processo de gasto de energia e eliminação de resíduos.

Yoga é um bom aliado para emagrecimento.

Verdade. Principalmente se a prática for intensa e o aluno mantiver a alteração na frequência cardíaca.

Homens não praticam Yoga.

Mito. O Yoga pode ser praticado por todos, sem exclusão de sexo, idade ou condicionamento físico, mesmo os homens acreditando que a prática só traz benefícios para as mulheres.

É indicado praticar ao mesmo tempo os vários estilos do Yoga.

Mito. Quando o aluno define um método deve permanecer. Só se deve mudar se a pessoa não se identificar. Trocar de estilo constantemente compromete a evolução do praticante e deve ser evitado.

Quem está acima do peso não pode praticar Yoga.

Mito. É possível praticar Yoga mesmo estando acima do peso e os exercícios devem ser adaptados de acordo com as limitações físicas do praticante. É importante visitar um médico, fazer o exame ergométrico e receber a permissão para fazer a atividade física. Uma dica para quem quer perder peso é aliar o Yoga a exercícios aeróbios como caminhada e bicicleta.

Yoga ajuda a combater a insônia.

Verdade. Existem os asanas line shake (posição corporal típica do Yoga) do Hatha Yoga que são considerados terapêuticos e minimizam o problema.

Quem tem problemas respiratórios não deve praticar Yoga.

Mito. As técnicas respiratórias do Yoga são muito utilizadas na reabilitação respiratória, ajudam na melhora da troca gasosa,  eliminam o gás carbônico do sangue, promovem o equilíbrio do ácido básico do corpo, além de proporcionar um bom relaxamento, fortalecimento dos músculos expiatórios e aumento do aporte de oxigênio.

A Yoga também previne doenças cardiovasculares.

Verdade. Mas não se deve descartar em hipótese alguma fazer uma atividade aeróbia complementar, principalmente as que aumentam a frequência cardíaca.

Os resultados só aparecem quando o Yoga é praticado mais de duas vezes por semana.

Mito. Para manter uma vida saudável e com qualidade de vida, recomenda-se ao praticante frequentar as aulas de duas a três vezes por semana, mas outras práticas como concentração e meditação, podem ser realizadas a qualquer momento do dia lineshake preço.